Blog

04/03 – Dia Mundial de Prevenção a Obesidade

04 de mar | 2021

Quando achamos que não conseguir mais usar nossa roupa preferida por ganharmos alguns quilos já é um problema suficiente, a ciência nos mostra que a obesidade com sua alteração dos microvasos em nosso corpo, pode também fazer mal para os olhos.

Um exemplo recente disso vem da Universidade de Colônia, na Alemanha, onde 1 147 vítimas da degeneração macular relacionada à idade (DMRI) foram comparadas a 1 773 pessoas livres dela. Após observar dados sobre a forma física dos voluntários, os pesquisadores revelaram que os obesos têm um risco 44% maior de sofrer com essa doença.

Além da degeneração macular, a obesidade está relacionada com a diabetes, que também causa alterações microvasculares não só na mácula mas em todo olho.

Atualmente, um dos tratamentos propostos para obesos de índice de massa corpórea (IMC) superior a 35 é a cirurgia bariátrica que visa tratar as complicações mais severas da obesidade como a diabetes e a hipertensão, mas que também pode afetar a saúde dos olhos devido a redução da absorção de vitaminas durante o resto da vida do paciente que foi submetido a esse procedimento.

É recomendável que todas as pessoas passem por uma avaliação oftalmológica completa uma vez ao ano. Esta avaliação em pacientes com doença metabólica ou em reposição de vitaminas pós bariátrica é ainda mais importante e deve ser realizada em menos tempo, caso o paciente apresente qualquer sintoma como embaçamento visual, redução no campo de visão ou piora da visão.


Compartilhe nas redes sociais

Resultados de Exames

Para melhorar sua experiência de navegação, utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.